Terça-feira, 30 de Abril de 2013

Sia na banda sonora de O Grande Gatsby

 

O Grande Gatsby vai voltar a ser adaptado ao cinema, depois da versão com Robert Redford em 1974. Para os mais atentos ao mundo dos filmes isto não será novidade nenhuma, e de facto a notícia não é essa.

 

A notícia é que a banda sonora está a ser lançada, aos poucos, e tem algumas coisas promissoras, como músicas de Jack White, Lana Del Rey ou mesmo uma versão de "Back to Black" feita por Beyoncé e André 3000.

 

A mais recente a ser lançada é "Kill And Run" de Sia, uma canção bastante orquestral, muito ao estilo de Florence + The Machine ou Lana De Rey (que também fazem parte da banda sonora).

 

Tiago Crispim

 


publicado por Registos Sonoros às 14:58
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Abril de 2013

Segunda-feira do Avesso

 

Os Peixe : Avião estão de volta aos discos, ou melhor aos singles, desde o lançamento de 'Madrugada', em 2010.

 

'Avesso' é o tema de avanço para o aguardado terceiro disco da banda.

 

Tiago Crispim

 


publicado por Registos Sonoros às 14:35
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Abril de 2013

Crystal Fighters, para compensar

 

Estas semanas com feriados dão-nos cabo da lógica semanal, mas para compensar, temos uma grande música para este último dia da semana.

Este é o terceiro single de avanço para "Cave Rave", o segundo álbum dos Crystal Fighters.

Mais que tudo, esta "You & I" cheira a verão e dá vontade de dançar pelo fim-de-semana fora.

 

Tiago Crispim

 


publicado por Registos Sonoros às 15:04
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

Não uma, mas duas "Q.U.E.E.N."

 

 

 

O novo disco de Janelle Monae começa a ganhar forma. O primeiro single "Q.U.E.E.N", já anda por aí e por aqui.

Este é o primeiro cartão de visita para "The Electric Lady", e que cartão de visita, o tema conta com a participação de Erykah Badu e as duas juntas realmente electrificam tudo à sua volta. É para dançar e sacudir o pó do esqueleto.


Pedro Moreira Dias




publicado por Pedro Moreira Dias às 15:32
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Novo vídeo de CocoRosie

 

Antes de mais, pedimos desculpa por não ter actualizado nada nos últimos dias...

Mas descansem que voltamos com coisas boas e estranhas.

 

As CocoRosie vão editar "Tales Of A Grass Widow" a 27 de Maio, que será o quinto disco das irmãs Bianca "Coco" e Sierra "Rosie" Casady.

O vídeo para o primeiro single já foi revelado e está mesmo aqui em baixo. Chama-se "After the Afterlife" e é estranho mas bom.

 

Tiago Crispim

 

CocoRosie: After the Afterlife on Nowness.com

 


publicado por Registos Sonoros às 11:51
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Abril de 2013

Aviso ao público: Isto é bom

 

O Pedro Moreira Dias andou uns dias a convencer-me a ouvir os Public Service Broadcasting, duo inglês que está prestes a editar o seu primeiro disco. Vai chamar-se 'Inform-Educate-Entertain' e o lançamento está marcado para dia seis de Março.

 

A banda de J. Willgoose e Wrigglesworth já tem dois EPs e uma série de singles, todos com o mesmo conceito; pegar em antigos filmes de propaganda e montá-los à volta de bateria, guitarra e electrónica. A lição, explicam, é ensinar lições do passado com música do futuro.

 

Acho que posso falar pelo Pedro quando digo que estamos rendidos a isto. 

 

Signal 30 é o single de avanço para 'Inform-Educate-Entertain'.

 

Tiago Crispim

 


publicado por Registos Sonoros às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 17 de Abril de 2013

Crítica: Pyyramids - Brightest Darkest Day

 

O que acontece quando se juntam Tim Nordwind (Ok Go) e Drea Smith (He Say/She Say), com ajuda de Dan Konopka (Ok Go) e Dave Friedman (MGMT, Flaming Lips etc.)?

 

Um disco que tem passado despercebido a muita gente, ao que parece.

 

Mas não devia. O álbum mistura todas as (boas) influências dos anos 80, como Cure ou Joy Division, numa electro-pop melancólica de sensibilidade muito 'indie', se é que isso ainda existe.

 

Gravado na cave de Nordwind, como manda o figurino, 'Brightest Darkest Day' dos Pyyramids sabe pôr-nos logo no espírito certo com uma introdução de pouco menos que dois minutos. Logo a seguir, a batida de 'Smoke & Mirrors' faz-nos questionar se a viagem vai ser tão calma como pareceu. A voz de Drea Smith mostra-se cheia de emoção, contrastada pelos sintetizadores e percurssão.

 

A música seguinte, 'Don't Go' admite a derrota numa relação com um ambiente que lembra um pouco os Cure em 'A Forest'. Não seria de estranhar, tendo em conta que Smith e Nordwind partilham uma afinidade com bandas inglesas dos anos 80. O ritmo aumenta logo a seguir, com 'Don't You Think You're Enough', onde as guitarras com distorção ganham a dianteira. Essa tendência continua com 'Paper Doll', a música escolhida para single, aparentemente, tendo em conta que é a única que tem vídeo. Não sendo para mim a mais forte do álbum, sabe encontrar o equilíbrio entre a parte mais pesada e a mais calma e de novo nos remete para o imaginário de Manchester nos 80s, até pelo efeito do vídeo...

 

Encontrado assim o ponto de balanço de 'Brightest Darkest Day', o disco avança com 'Everyone Says' e 'Invisible Scream', antes de parar para respirar em 'Time (Interlude)'. Recuperado o folêgo dos Pyyramids e o nosso, 'Time' leva-nos novamente por paisagens mais calmas e assombradas, com piano e sintetizador, antes de abrir para um coro que faz brilhar a voz de Drea Smith.

 

Com 'That Ain't Right', que lembra bastante She Want Revenge, e 'Nothing I Can Say' termina o disco. A sensação que fica é que o equilíbrio sonoro está bastante bem feito e as paisagens sonoras irrepreensíveis. O álbum ouve-se de ponta a ponta sem que se sinta muito a passagem do tempo, que é uma coisa boa, embora dado o estilo, algumas coisas se tornem um pouco previsíveis.

 

Não se espera que este disco faça parte da 'shortlist' anual da maioria das pessoas, mas vale a pena ouvir e ficar atento a esta nova banda.

 

8,4/10 - Tiago Crispim

 

 


publicado por Registos Sonoros às 20:43
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Abril de 2013

Empire of The Sun estão vivos e saem da sombra

 

Hoje recebemos de braços abertos os Empire Of The Sun, escondidos à sombra desde 'Walking On A Dream', de 2008.

 

Os australianos vão editar fisicamente o seu segundo disco 'Ice On The Dune' a 17 de Abril (amanhã) mas se quiserem comprar a versão digital, já está disponível no iTunes.

 

Dado o rumo desta semana, arrisco a dizer que esta semana estamos a transformar o Registos Sonoros numa pista de dança.

 

Tiago Crispim

 


publicado por Registos Sonoros às 16:13
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Abril de 2013

Daft Punk e Pharrel têm sorte, e nós também

 

Os Daft Punk não lançam um disco novo desde 2005. Não é por isso que temos deixado de os ouvir, ou ouvir falar deles. A dupla de Thomas Bangalter e Guy-Manuel de Homem-Christo.

 

Os franceses têm dado imensos concertos e as notícias acerca de 'Random Access Memories', o próximo disco do duo, têm andado por aí.

 

Mas finalmente podemos ouvir alguma coisa concreta. Essa coisa, que é o single 'Get Lucky', conta com a colaboração de Pharrell Williams e foi revelada ao público a 12 de Abril. Um vídeo com cerca de um minuto, 'teaser' do álbum que chega às lojas a 20 de Maio.

 

Também existe uma versão áudio, que alguns acham que não é verdadeira (fanmade). De qualquer das maneiras fica o vídeo e a suposta canção, para começar a semana em grande.

 

Tiago Crispim

 

 


publicado por Registos Sonoros às 15:43
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Abril de 2013

O Grande Medo do Pequeno Mundo - Samuel Úria





A ansiedade com que esperávamos um novo disco de Samuel Úria poderia colocar em perigo todo e qualquer trabalho que editasse. A expectativa era muita e fasquia alta depois de saber alguns convidados presentes neste disco, como Manuel Cruz, Márcia, Miguel Araújo, António Zambujo entre outros...

Grande Medo do Pequeno Mundo vale a espera, é uma obra grandiosa, é um objecto que foi lapidado, trabalhado e ambicionado para ser grande. As letras de Samuel Úria são intensamente simples quanto sinceras e até ingénuas, aquela ingenuidade que só conhecemos aos mais pequenos. O despojamento das letras servindo o propósito de explorar os medos que temos e sentimos quando reconhecemos que somos mais pequenos que algo ou alguém, quando atingimos aquela desilusão dos limites do humanismo, como o próprio já referiu.


Daí o título do disco, e daí a experiência que vão encontrar neste trabalho, os vossos medos serão expostos, tal como serão reconfortados pela esperança de podermos encontrar pessoas que nos vão restituir essa esperança e a confiança no que está para vir. Pelo meio tempo ainda para uma homenagem a uma voz da rádio, voz que aquece o coração de Samuel Úria, ela é a voz da manhã da Radar entre as 10h e as 13h e toda a gente quer Falar com Ela. Pelo fim encontramos "refundida" a faixa extra com produção e participação de Armando Teixeira, faixa que é a antítese de todo o disco, pela sua forma mais electrónica mas pelo sujeito que encontramos nela, um homem que agora está acompanhado, está seguro, mas que quer a liberdade e o seu espaço no Mundo sozinho.


Para além das colaborações que já referi, não nos podemos esquecer de toda a família Flor Caveira que acompanha Úria nesta aventura, e se gostamos do lado intímo das suas canções, não podemos negar que a grandiosidade fica-lhe muito bem. 

A mim parece-me que é o disco de um Samuel Úria concretizado, nas suas ideias, no conceito e especialmente em toda a roupagem que a sua magnífica escrita assenta, e esta roupagem assenta-lhe melhor do que a roupa que escolheu para a capa, mas isso sou eu que sou do signo Touro.


8.3 - Pedro Moreira Dias 

publicado por Pedro Moreira Dias às 16:50

editado por Registos Sonoros em 16/04/2013 às 16:56
link do post | comentar | favorito
Blog de novidades sobre música indie/alternativa.

Mail

contacto

links

Registos arquivados

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Subscrever